Imposto de Renda: entenda a diferença para pessoa física e jurídica

Imposto de Renda: entenda a diferença para pessoa física e jurídica

Entenda a diferença entre declaração de Imposto de Renda pessoa física e de empresa

Antes de realizar a declaração de Imposto de Renda, é muito importante se informar sobre a mais adequada para você! Leia o nosso artigo e informe-se!

Com o início de um novo ano, é muito comum começarmos a nos questionarmos e nos prepararmos para a entrega de determinadas obrigações.
E é claro que uma das principais, seja você empresário ou não, é o Imposto de Renda, que é cobrado tanto a pessoas jurídicas quanto físicas.
Nesse sentido, muitos de nós podemos acabar nos confundindo, afinal, existe, de fato, alguma diferença entre o IRPF e o IRPJ?
Bom, a boa notícia é que esse artigo existe justamente para tirar suas dúvidas quanto às principais diferenças entre esses impostos e, assim, assegurar a sua total conformidade.
Portanto, continue conosco se você deseja declarar seu Imposto de Renda da forma mais tranquila e segura possível!
Tenha uma excelente leitura!

Declaração do Imposto de Renda: do que se trata?

Antes de apresentarmos as diferenças entre o Imposto de Renda de uma pessoa física e jurídica, nada mais justo do que relembrar as suas características, afinal, você sabe, de fato, do que se trata esse tributo?
Como seu próprio nome explicita, esse imposto é cobrado a partir da sua renda e da sua empresa em determinado período.
Mas pode ficar tranquilo, pois o valor em questão é proporcional aos seus ganhos, ou seja,  quanto mais dinheiro você receber de suas fontes, maior será o valor recolhido e vice-versa.
Entretanto, também vale mencionar que o valor do Imposto de Renda de uma empresa também pode variar de acordo com o regime tributário optado pelo empresário, sendo os principais:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.

Sendo assim, é preciso dar atenção a todos os aspectos relevantes para a entrega deste tributo de ordem federal.

O que acontece com o valor entregue?

Uma das principais dúvidas em relação ao Imposto de Renda é: o que acontece com o valor recolhido?
Em poucas palavras, o dinheiro arrecadado é direcionado para programas e obras de melhoria do país, com o intuito de colaborar para o desenvolvimento social.
Nesse sentido, são contemplados setores como:

  • Educação;
  • Saúde;
  • Transferência de renda.

Portanto, fique tranquilo! O valor que você ou a sua empresa paga de Imposto de Renda irá colaborar para a qualidade de vida de pessoas menos favorecidas!

Por que eu devo cumprir essa obrigação?

A grande verdade é que mesmo sabendo dos benefícios que o Imposto de Renda pode garantir para a sociedade, muitas pessoas físicas e jurídicas ainda hesitam no momento do recolhimento, afinal, o valor em questão pode ser decisivo para o seu futuro.
Mas a grande verdade é que ao não cumprir essa obrigação, pode haver determinadas penalizações que podem te prejudicar ainda mais!
Estamos falando de multas de até 20% do valor devido e, claro, a desregularização de seu documento, que impede a realização de atividades fundamentais para o funcionamento de suas atividades.
Sendo assim, é muito importante que você preze pelo cumprimento dessa obrigação e, assim, evite qualquer tipo de pendência junto à Receita Federal.

Qual a diferença entre a declaração de Imposto de Renda de uma pessoa física e de uma empresa?

Agora que fizemos um panorama em relação às principais características do Imposto de Renda, chegou o momento de entender as diferenças entre IRPJ e IRPF.
Então, para a sua melhor compreensão, dividimos as distinções entre os dois seguintes tópicos:

IRPJ

Nesse caso, deve ser recolhido pelas empresas, normalmente, no primeiro trimestre do ano.
As alíquotas variam de acordo com o regime tributário optado pelo negócio, lembrando sempre que o caso do Simples Nacional é uma exceção, afinal, esse tributo já é recolhido por meio do DAS — Documento de Arrecadação do Simples Nacional.
Além disso, apesar do Imposto de Renda e sua declaração incidir sobre todas as empresas brasileiras, existem algumas instituições que são isentas dessa obrigação.E esse é o caso das empresas sem fins lucrativos e entidades filantrópicas.

IRPF

Já no caso da pessoa física, o Imposto de Renda varia de acordo com o seu rendimento, que pode provir de:

  • Atividades profissionais;
  • Atividades rurais;
  • Operações na Bolsa de Valores;
  • Aluguéis; 
  • Entre outros.

Portanto, todo brasileiro que ultrapassar o valor em questão precisa realizar a declaração de forma precisa para ficar longe da malha fina e demais problemas com o Leão.
Entretanto, é muito importante que você fique atento aos números e especificações de cada ano, afinal, pode haver novas considerações por conta da pandemia.

Qual a importância de ter uma contabilidade ao seu lado nesse momento?

Tendo em vista o número de especificações que pode haver em cada ano, e penalizações ao não cumprir a sua parte em relação ao Imposto de Renda, fica claro que a melhor alternativa é contar com o suporte de um profissional da contabilidade.
Isso porque os contadores têm a expertise necessária para garantir o preenchimento de todas as informações de forma precisa, a obtenção dos devidos documentos e o cumprimento de todos os prazos à risca.
Dessa forma, você ficará longe de qualquer problema sem precisar esquentar a sua cabeça desnecessariamente.

Conte com o suporte da AMORIM CONTÁBIL!

O que você está esperando para entrar no time da Amorim Contábil nesse exato momento?
Com a nossa ajuda, você pode se preparar previamente e, assim, evitar quaisquer imprevistos relacionados ao Imposto de Renda em 2022.
Sendo assim, não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo para se manter em dia com o Leão e, assim, seguir com as suas atividades sem qualquer preocupação.
Para isso, você pode clicar no botão do WhatsApp, localizado no canto inferior direito da sua tela, e iniciar uma conversa com nossos especialistas agora mesmo.
Além disso, você também pode acessar a nossa área de contato e preencher o formulário disponibilizado para que um de nós vá até você assim que possível.
Não deixe essa oportunidade de se atualizar ao máximo quanto ao Imposto de Renda passar e mantenha-se em plena conformidade!
Estamos te esperando!
Contratar um profissional para me auxiliar a declarar meu Imposto de Renda!

Summary
Imposto de Renda: entenda a diferença para pessoa física e jurídica
Article Name
Imposto de Renda: entenda a diferença para pessoa física e jurídica
Description
Entenda a diferença entre declaração de Imposto de Renda pessoa física e de empresa. Leia nosso artigo e saiba mais sobre o assunto.
Author
Publisher Name
Amorim Contábil
Publisher Logo

Deixe um comentário

Recomendado só para você
Ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, e lideranças do Partido…
Cresta Posts Box by CP

Área do Cliente

Amorim contábil