Reforma Tributária: acompanhe a discussão e veja como ela reflete em sua empresa

Fale com um especialista agora gratuitamente!

Não te mandaremos spam!

Nesse artigo você vai ver:
117 Amorim Contabil - Amorim Contabil | Contabilidade em Goiás

Reunião que deveria analisar a PEC termina pela quarta vez sem votação.

O Senado está avançando na estratégia de enxugar o projeto de mudança do Imposto de Renda defendida pela equipe econômica do governo federal em troca de aprovação de um novo programa de refinanciamento de dívidas (Refis) para pessoas físicas e grandes empresas na Câmara. O movimento acontece diante da falta de possibilidade da proposta da reforma tributária ampla emplacar ainda em 2022. A alternativa é defendida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que não conseguiu apoio suficiente para aprovar uma mudança ampla no sistema tributário do País em ano eleitoral. Pacheco propôs na terça-feira, 31, mudanças no projeto do IR em uma reunião com o relator da proposta, Angelo Coronel (PSD-BA). A votação da reforma tributária ampla, contida na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 110, foi adiada na terça-feira pela quarta vez na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Os senadores agiram para derrubar a reunião, não registrando presença no colegiado. Nem mesmo o presidente da comissão, Davi Alcolumbre (DEM-AP), marcou participação. Informado sobre o clima logo pela manhã, Pacheco resolveu não insistir na votação e admitiu a derrota. A avaliação do comando do Senado é de que a tentativa mostrou que não há chance de votação da PEC em período pré-eleitoral. Defensores da proposta, no entanto, acusam o presidente da CCJ de ter feito uma manobra para não ter quórum na sessão. O relator da PEC, senador Roberto Rocha (PTB-MA), criticou a decisão que mandou não computar como presença o registro feito de maneira remota na sala virtual da CCJ.

Versão enxuta da reforma tributária

Sem a votação na CCJ, o presidente do Senado quer aprovar a reforma do IR, que passou na Câmara no ano passado, mas com uma versão mais enxuta, após receber uma sugestão do Ministério da Economia para destravar o projeto – que enfrenta resistência de senadores e governadores. A proposta ficaria apenas com o aumento da isenção do imposto para pessoas físicas, de R$ 1 mil para R$ 2,5 mil; a redução da carga para pessoas jurídicas, de 34% para 30% (e não mais para 26%); e a tributação de dividendos com uma alíquota de 10% (em vez do porcentual de 15% previsto no texto da Câmara). Na semana passada, Angelo Coronel chegou a dizer que, “enquanto eu estiver vivo”, o projeto ficaria na gaveta. Após o apelo de Pacheco, o senador admitiu que pode rever a posição. “Estamos estudando a melhor maneira que atenda o mercado e os entes federativos”, disse Coronel ao Estadão. Com a reforma do IR, o Senado espera destravar o projeto que prevê um Refis amplo para médias e grandes empresas que está na Câmara. Enquanto o IR tem resistência no Senado, o Refis enfrenta críticas de deputados. Dessa forma, um acordo poderia destravar as duas medidas no Congresso. O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), só aceita tocar o Refis se o projeto do IR for aprovado. Fonte: Contábeis PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!
]]>

Classifique nosso post

Categorias

Categorias

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Amorim Contábil | Contabilidade em Goiás

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Impostos Para Farmácias (2) - Amorim Contábil | Contabilidade em Goiás

Impostos para farmácias: Otimize sua gestão e evite multas!

Descubra como otimizar os impostos para farmácias e evitar multas Saiba como otimizar a gestão financeira da sua farmácia com dicas práticas e especializadas sobre impostos, evitando multas e garantindo conformidade fiscal. Gerir uma farmácia envolve muitos desafios, especialmente quando se trata de impostos.  Muitos empreendedores enfrentam dificuldades para entender

Controle De Estoque Para Farmácias - Amorim Contábil | Contabilidade em Goiás

Controle de estoque para farmácias: Eficiência para o seu negócio

Controle de estoque para farmácias: Dicas essenciais para uma gestão eficiente e lucrativa Um controle de estoque eficiente é essencial para o sucesso da sua farmácia. Descubra estratégias e soluções práticas para otimizar sua gestão. O controle de estoque para farmácias é essencial para o sucesso e a sustentabilidade do

Segredos Para Revenda Agrícola Transforme Seu Supermercado! - Amorim Contábil | Contabilidade em Goiás

Revenda Agrícola: Estratégias para Supermercados

Revenda Agrícola: Estratégias Inovadoras para Supermercados Crescerem e Prosperarem no Mercado Descubra como transformar seu supermercado em uma referência no setor agrícola com estratégias eficazes de revenda agrícola que impulsionam crescimento e sucesso. A revenda agrícola é uma oportunidade valiosa para empreendedores de supermercados que desejam diversificar seus produtos e

Posto De Gasolina Como Abrir (1) - Amorim Contábil | Contabilidade em Goiás

Como abrir posto de gasolina: O guia definitivo

Como abrir posto de gasolina: O guia completo! Descubra como você pode se tornar empreendedor de um ramo tão importante como esse em nosso guia Se você é um novo empreendedor que quer aprender como abrir um posto de gasolina, chegou ao lugar certo! De fato, estabelecer um posto de

Franquias De Posto De Gasolina. Como Escolher E Lucrar Com Elas (1) - Amorim Contábil | Contabilidade em Goiás

Franquias Posto de Gasolina: Como Escolher e Lucrar com Elas

Franquias Posto de Gasolina: Guia Completo para Escolher e Lucrar no Setor Descubra as melhores estratégias para investir em franquias de postos de gasolina e maximizar seus lucros nesse mercado competitivo. Escolher a franquia de posto de gasolina ideal pode ser um desafio para muitos donos de postos.  Com tantas

Recomendado só para você
Neste artigo, entenda sobre a história do Imposto de Renda…
Cresta Posts Box by CP

Área do Cliente

Amorim contábil